Governador reúne equipe e trata da aplicação de recursos do BIRD

Governador conduziu reunião para tratar das operações de crédito

O governador Wellington Dias reuniu nesta terça-feira (19), no Palácio do Karnak, os secretários de Estado do Planejamento, Antônio Neto, da Administração, Franzé Silva; e da Fazenda, Rafael Fonteles, além das equipes técnicas de cada secretaria, para tratar das operações de crédito externo, aprovadas pelo Senado, junto ao Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD).

O BIRD emprestará ao Estado recursos na ordem de US$ 200 milhões (R$ 708 MI) e US$ 120 milhões (R$ 424 MI) para dois projetos que fomentarão o desenvolvimento do Estado.

“Estamos trabalhando para fazer com que haja crescimento econômico no Piauí. A geração de emprego é a meta principal tanto com recursos próprios do estado, que são mais limitados, como com esse contrato do Banco Mundial”, falou o governador.

De acordo com secretário Antônio Neto, a reunião aqui foi para fazermos um balanço da evolução das operações com o Banco Mundial. “As duas operações de crédito em andamento que já foram aprovadas está na fase final de contratação, fizemos todas as estratégias, o governador acompanhou todo o processo para que possamos, efetivamente, fechar o contrato com o banco, uma vez que o Congresso Nacional aprovou na semana passada e discutimos aqui como vamos fazer a execução, o governador quer que se dê uma prioridade nessas duas operações”, informou o secretário.

De acordo com Wellington Dias, na próxima semana, o Estado vai celebrar as condições para no próximo mês iniciar as aplicações financeiras. “Nosso objetivo é acelerar complementos e garantir a conclusão de obras com os contratos de empréstimos, tanto com o Banco do Brasil, quanto com o Banco do Nordeste, Caixa Econômica Federal, BNDS, Fida e o KSW. Queremos concluir todas as obras de quatro contratos e ao mesmo tempo acelerar os demais contratos”.

Ainda segundo o governador, outra prioridade discutida na reunião é a contrapartida e a complementação necessária para as obras em parceria com o Governo Federal. “Nossa ideia é poder nos próximos 12 meses acelerar os investimentos, alcançando a meta mesmo no ano de grandes dificuldades”, diz, enfatizando que o planejamento é fazer com que o Piauí possa fechar o ano com saldo positivo de emprego e com crescimento econômico”, afirma.


Reunião com Secretário de Planejamento, Antônio Neto e equipe  (Crédito: Jorge Henrique Bastos)
Reunião com Secretário de Planejamento, Antônio Neto e equipe (Crédito: Jorge Henrique Bastos)




Fonte: Portal Meio Norte