Governo do Estado antecipa pagamento do reajuste para professores estaduais

Esse valor estava previsto ser depositado apenas na próxima semana, mas o governo conseguiu se organizar e antecipar o pagamento.

O secretário estadual da Fazenda, Rafael Fonteles, anuncia que o Estado já autorizou a operação bancária para efetuar o pagamento do reajuste salarial referente à implantação do piso nacional dos professores, que deve estar disponível na conta destes servidores no sábado (7). A folha suplementar que será paga pelo Estado é no valor de 18 milhões, o que garante a implantação do aumento salarial de 13% para os professores, relativo aos meses de fevereiro e janeiro, sendo R$ 9 milhões o valor do impacto desse reajuste em cada mês.

Esse valor estava previsto ser depositado apenas na próxima semana, mas o governo conseguiu se organizar e antecipar o pagamento. “O governador Wellington Dias determinou empenho de toda equipe, tanto da Fazenda como da Administração, para que fosse pago o mais rápido possível esse reajuste salarial dos professores. Conseguimos antecipar o trabalho e agora os professores poderão iniciar o ano letivo, no próximo dia 9, mais tranquilos e motivados”, comenta o secretário da Fazenda.

Com o reajuste do piso salarial, agora um professor que trabalha 40 horas no Estado vai ter como salário inicial o valor de R$ 2.221,75.

Além de pagar a folha suplementar, o Estado também está realizando o pagamento da folha de fevereiro para os servidores públicos estaduais, sendo que este pagamento iniciou no dia 26 de fevereiro e encerrará no dia 12 de março.  Inicialmente, o pagamento da folha suplementar, com o reajuste dos professores, estava previsto apenas para depois do encerramento da folha do mês de fevereiro. Depois de ir à Brasília, o governador determinou que a mesma fosse antecipada.

Fonte: Portal do Governo do Piauí