Governo doa 2 caminhões de lixo eletrônico para campanha Eletrolixo

Campanha é idealizada pelo Rotary Club de Teresina-Fátima e MP3

O secretário estadual de Administração, Franzé Silva, esteve na manhã desta quinta-feira (15) na sede do Movimento pela Paz na Periferia (MP3) para fazer a entrega do material eletrônico arrecadado por servidores de diversos órgãos do governo do Estado. Ao todo, dois caminhões repletos de equipamentos foram doados à campanha Eletrolixo.

A campanha Eletrolixo, idealizada pelo Rotary Club de Teresina-Fátima e o MP3, com apoio do Sistema Meio Norte de Comunicação, tem como meta arrecadar 50 toneladas de lixo eletrônico, que é todo resíduo material produzido pelo descarte de equipamentos eletrônicos.

Celulares, câmeras, monitores de computadores, televisores e baterias são exemplos destes materiais.Os equipamentos que tiverem conserto serão recuperados e utilizados pelos jovens que participam dos cursos profissionalizante ofertados pelo Movimento pela Paz na Periferia, o que vai oportunizar renda e emprego para os integrantes da entidade.

"Essa campanha Eletrolixo desperta a cidadania do piauienses. O governo do Estado agradece por participar dessa iniciativa, porque além de estarmos nos livrando de algo que já não serve para nós, ainda estamos contribuindo para resgatar as pessoas da periferia que estão inseridas no projeto MP3. É uma grande causa que deve continuar por todo ano", avalia Franzé Silva.

Além do secretário estadual de Administração, a diretora geral da Agência de Desenvolvimento Habitacional, Gilvana Gayoso, também participou da doação de lixo eletrônico.

O lixo eletrônico é uma das principais preocupações de ambientalistas, pois sem o descarte adequado, o material eletroeletrônico causa degradação ao meio ambiente.

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU) o Brasil é um dos países que mais produz esse tipo de resíduo.

O diretor de jornalismo do Sistema Meio Norte, José Osmando Araújo, participou da entrega da doação do governo do Estado, e destacou a importância ambiental e social da campanha Eletrolixo.

"É importante que tenhamos esse momento de desapego para doar aqueles materiais eletrônicos que já são inservíveis para nós. É a certeza que daremos o destino certo para esses equipamentos, sem poluir o meio ambiente e ainda ajudar os jovens do projeto", ressalta José Osmando.

Apesar de ainda não terem feito a pesagem oficial dos materiais doados pelo governo do Estado, o presidente do MP3, Francisco Júnior, e a presidenta do Rotary Club Teresina-Fátima, Adriana Lobão, afirmam que a doação representa uma quantidade significativa diante da meta da campanha.

"Estamos muito felizes por essa ajuda que só vai contribuir para a nossa entidade", disse Júnior.A campanha Eletrolixo encerra no dia 22 de outubro. Até lá, doações podem ser feitas no Sistema Meio Norte de Comunicação, na Alemanha Veículos, Canadá Veículos, Japan Veículos, Via Paris, Sede do MP3, e nas repartições públicas estaduais e municipais.

Francisco Júnior avisa que, apesar do fim oficial da campanha Eletrolixo ser na próxima quarta-feira, o Rotary Club e o MP3 continuarão disponíveis para receber doações.

Quem tiver interesse em doar equipamentos eletrônicos com defeito para serem reciclados nas oficinas do MP3, deve levar o material até a sede da instituição - localizada na Avenida Valter Alencar, bairro São Pedro - ou ligar para o telefone 3227 5553.

SOBRE O MP3

O MP3 é associação civil de direito privado sem fins lucrativos. O Movimento pela Paz na Periferia – MP3 foi criado oficialmente em 2004 e de lá para cá desenvolve ações voltadas à defesa dos direitos de crianças, adolescentes e jovens, sobretudo aqueles em situação de risco pessoal e social.

O MP3 promove condições para a inclusão sócio-cultural dos jovens da periferia através da realização de cursos de capacitação profissional, como computação básica, robótica, eletrônica de reparos, montagem e manutenção de computadores. O movimento é voltado em desenvolver ações de conscientização e afirmação da cidadania da população excluída e carente e combate ao uso de drogas.

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title



Fonte: Izabella Pimentel