Governo investe na qualificação de servidores do Estado

O principal objetivo é ajudar no desenvolvimento do estado.

Investir na qualificação de pessoal para prestar um serviço eficiente ao público e ajudar no desenvolvimento do estado. Essa tem sido a missão da Escola de Governo do Piauí (Egepi), explicou a diretora da escola, Janaina Mapurunga, durante entrega, nesta quinta-feira (25), de certificados para 98 alunos concludentes de cursos realizados no fim do ano passado.

O superintendente de Presidência do Estado, Marcos Steiner Rodrigues Mesquita, representou o secretário de Estado da Administração e Previdência, Franzé Silva, na solenidade, realizada no auditório da Agência de Tecnologia da Informação (ATI), no Centro Administrativo de Teresina.

“A qualificação é indispensável para a eficiência. Investir em capacitação é  tornar a administração mais ágil, é ganhar tempo, com qualidade nos serviços ofertados pelo Estado. Essa solenidade é mais um passo para o fortalecimento da administração do estado e para a valorização do servidor, que é quem faz a administração funcionar”, ressaltou Marcos Steiner.

“Capacitando, qualificando, reciclando o nosso pessoal, o servidor que já existe, até porque muitos já estão perto de se aposentar, como é o caso da Previdência, e trazendo gente nova, vamos mesclar a experiência com a vontade de aprender”, defendeu Steiner. 

Janaina Mapurunga lembrou que antes de ser um compromisso de governo e uma atribuição do Estado, a oferta de cursos de capacitação e qualificação cumpre o princípio constitucional da eficiência.

Para tanto, além dos cursos já oferecidos, a Egepi fechou convênio com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) para realização de cursos de capacitação. Também assinou termo de cooperação com a Universidade Estadual do Piauí (Uespi) para oferta de cursos motivacionais.

A diretora agiliza a realização de uma nova turma e um segundo módulo (para quem cursou o primeiro) do curso de Gestão de Políticas Públicas, que “abre o horizonte dos servidores sobre a administração, desde o que é o Estado até as políticas de desenvolvimento para o Piauí”.

O controlador-geral do Estado, Nuno Kauê dos Santos Bernardes, destacou que desde a sua posse na CGE, em janeiro deste ano, tem dado ênfase à promoção da transparência e à qualificação permanente de servidores, até porque essa é uma atribuição da controladoria. “Desde o vigia ao controlador, todos temos que participar. E a CGE está à disposição da Secretaria da Administração para continuarmos nessa missão”, ressalta o controlador.

Nuno adiantou que a CGE pretende realizar em outubro, em parceria com a Escola de Governo, o I Fórum de Controle Interno, quando serão ofertados minicursos para qualificação de servidores nessa área.

O servidor da Secretaria de Estado da Segurança Pública, Marciano Machado de Oliveira, participou dos cursos de Gestão em Políticas Públicas, ministrado em parceria com a Escola Nacional de Administração Pública.

Marciano Oliveira falou em nome dos concludentes, quando ressaltou que o Estado ainda não adquiriu a capacidade de atender plenamente a todas as necessidades do público. Daí, a necessidade de se desenvolver estratégias de formação e capacitação, buscando, dentro das diversas áreas do conhecimento, as soluções para as demandas da sociedade. “Que essa seja uma política permanente de governo, uma ação efetiva do Estado”, destacou o servidor.

Fonte: Portal do Governo do Piauí