Governo lança XL Encontro Nacional de Folguedos nesta sexta (12)

O lançamento será às 10h, na Galeria de Artes “Nonato Oliveira”

A 40ª edição do Encontro Nacional de Folguedos será lançada nesta sexta-feira (12), a partir das 10h, na Galeria de Artes “Nonato Oliveira”, no Club dos Diários. O evento será realizado de 19 a 22 de agosto, na Vila Olímpica do Albertão, mantendo a estrutura do ano passado, quando cerca de 200 mil pessoas passaram pelo espaço, durante quatro dias.

Com o tema “Folclore Piauiense”, os Folguedos mantêm a tradição e reúne grupos folclóricos, quadrilhas, shows abertos ao público, comidas típicas, além de concursos de grafite e de quadrilhas. Já na entrada da Vila Olímpica do Albertão, os visitantes vão poder assistir apresentações teatrais e de dança, com foco no tema do evento. A criançada pode aproveitar para brincar no Parque de Diversões “Ciranda Cirandinha”.

Image title

Na quadra, onde estão as arquibancadas e o palco “Bumba-meu-boi”, serão realizadas as apresentações dos grupos. É também nesse espaço que as quadrilhas inscritas no concurso irão disputar o prêmio de R$ 5 mil, no dia 22 de agosto. Mais adiante, o visitante pode entrar na Tenda “Num se Pode” e assistir ao documentário que retrata um pouco da história do encontro, que completa quatro décadas neste ano. Logo em frente, os grafiteiros que participam do concurso pintam telas e concorrem à premiação, sendo R$ 3 mil para o primeiro lugar, R$ 2 mil para o segundo e R$ 1 mil para o terceiro. Os trabalhos serão julgados por artistas renomados na área.

Quem quiser conferir o artesanato piauiense pode dar uma passada no espaço “Diga meu bem”, onde estarão os stands de vendas. Na Praça de Alimentação “Arrumadinho”, o visitante vai encontrar várias opções de comidas típicas. O segundo palco, o “Cabeça de Cuia”, recebe os shows. Entre as atrações já confirmadas, estão as bandas Farra da Gordinha, Cavalo de Pau, Solteirões do Forró, além de Dorgival Dantas.

“No ano passado, realizamos o evento em agosto e foi sucesso de público. Vamos manter a data. Homenageamos o folclore e ainda presenteamos nossa capital, que está completando 164 anos. O encontro já é tradição no estado e estamos realizando um evento com a mesma qualidade e gastando menos”, destaca o secretário de Estado da Cultura, Fábio Novo.

Fonte: Ascom