Governo retoma obras da PI-140 no sudeste do Estado do Piauí

Mais de R$ 29 milhões são investidos em pavimentação e construção

O Governo do Piauí, por meio do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem (DER), está desenvolvendo trabalhos para conclusão de estradas e pontes no Sul e Sudeste do Piauí, interligando municípios e localidades da região de São Raimundo Nonato. Nesta segunda-feira (9), o governador Wellington Dias firma ordem de serviço que retoma as obras de estruturação da PI 140, em trecho de mais de 70 quilômetros que liga os municípios de São Lourenço e Dom Inocêncio do Piauí.

A rodovia é de grande importância para o turismo e o escoamento da produção agropecuária no Sul e Sudoste piauienses, e facilita a conexão da região com o Estado da Bahia.

A obra está orçada em um contrato de R$ 29.559.778,36. Já foram executados pouco mais de R$ 10 milhões, que equivalem a 35,7% da obra. O resultado, em quilômetros, equivale a 31,86 km de rodovia estadual pavimentada no município de São Lourenço e 40 km no território de Dom Inocêncio do Piauí.

“A pavimentação desse trecho vai cumprir a tarefa de ligar as rodovias da região. Isso implica em melhores condições de transporte intermunicipal e escoamento da produção. Para se ter uma ideia, uma viagem de Dom Inocêncio a São Lourenço chegava a durar até quatro horas para se percorrer pouco mais de 70 quilômetros. Com a pavimentação, haverá facilidade de fluxo entre as cidades, principalmente entre elas e São Raimundo Nonato”, explica o diretor técnico de engenharia da Secretaria Estadual de Infraestrutura, Eustáquio Bastos.

Na obra da PI 140 já, foram efetuados 25 quilômetros de terraplanagem, o que corresponde a 34,5% do total e 18 quilômetros de pavimentação asfáltica em tratamento superficial duplo (TSD), que representa 25,05% do esperado. Das cinco pontes previstas para o trecho, três já foram construídas.

A estruturação por meio da pavimentação asfáltica da rodovia PI 140, no trecho que liga Dom Inocêncio, São Raimundo Nonato e São Lourenço, na região Sudeste do Piauí é de grande impacto para o desenvolvimento do turismo na região ao viabilizar ainda mais o acesso aos parques nacionais Serra da Capivara e Serra das Confusões. A obra também surge como via de escoamento da produção agropecuária para a região do Semiárido piauiense.

Fonte: Com informações do Portal do Governo