Greve dos servidores do INSS termina após dois meses de negociação

Após uma assembleia realizada na manhã de sexta (25).

Após uma assembleia realizada na manhã de sexta (25), os servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) confirmaram o fim da greve no Piauí.

A paralisação, que durava dois meses, encerrou graças ao acordo de algumas propostas, dentre elas, o reajuste salarial para agosto de 2016. Porém, apenas analistas e técnicos retornam ao trabalho na próxima segunda-feira, já os peritos devem continuar com a paralisação.

No Piauí, das 32 agências, 28 ficadas paradas. “Isso corresponde a 85% de adesão. No entanto, pela lei, mantivemos 30% do atendimento durante a paralisação”, afirma o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social no Estado do Piauí (Sintsprev-PI), Antônio Machado Por isso, os piauienses devem ficar atentos aos horários de atendimento, que serão retomados gradativamente. “Acreditamos que no prazo de 30 dias tudo ficará normalizado”, destaca o presidente.

Dentre as propostas aceitas pela categoria está o aumento de 10,8 %, divididos em dois anos, além do vale refeição vai passar de R$ 373 para R$ 458.

Já o auxílio creche teve um aumento significativo, foi de R$ 77 para R$ 321. Porém, o presidente avalia que outras propostas continuarão em pauta. “Temos mais assuntos para serem discutidos, mas ficarão para um futuro próximo”, finaliza.

Fonte: Lindalva Miranda e Daniely Viana