"Greve dos professores não faz mais sentido", diz reitor da UFPI

"Greve dos professores não faz mais sentido", diz reitor da UFPI

O Reitor Luís Junior garantiu que o período não será cancelado:

Os dias de greve na UFPI estão contados. Em entrevista ao programa Agora, da Rede Meio Norte, o reitor da instituição, Luís Júnior, disse que o movimento ?não faz mais sentido?, e que em breve, as atividades serão normalizadas.

?O Governo já deu sua palavra final e disse que não negocia mais com os grevistas. É um momento de decisão, e não podemos mais ficar esperando.?, foi o que disse o reitor. Segundo ele, a sociedade tem pressionado para que tudo seja resolvido o quanto antes.

Agora, para ele, é acatar com a proposta do Governo, e se estas não funcionarem perfeitamente e acordo com as demandas, então que sejam negociadas sem paralisações. ?Entendemos que não podemos mais ficar sentados esperando que o Governo acate com as exigências dos grevistas. Se for assim, e os estudantes, ficam como??, argumentou o reitor. Ele também afirmou que o período não será cancelado, e o calendário acadêmico será mantido.

Além desse assunto, o reitor Luís Júnior falou também sobre a inauguração do Hospital Universitário. Segundo ele, o que deve acontecer nos próximos meses é um concurso simplificado, abrindo 1592 novas vagas. A empresa estatal EBSERH (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares) irá gerir o hospital e, de acordo com o reitor, ?pagar muito bem?. ?Estamos todos animados. Teremos aí um Hospital Universitário moderno, de ponta.?, conclui o reitor.







Fonte: Andrê Nascimento