HGV realiza Mutirão para agilizar atendimento de pacientes idosos

O mutirão será realizado neste sábado (06) no HGV

O Hospital Getúlio Vargas (HGV) realiza neste sábado (6) mais um mutirão para atender pacientes que não podem esperar muito tempo por um procedimento ortopédico de média e alta complexidade. Cerca de 30% são idosos vítimas de acidentes domésticos na sua própria residência. A ação faz parte de um esforço conjunto da Secretaria de Estado da Saúde e HGV para agilizar o atendimento de pacientes tanto de hospitais do interior quanto da capital.

Como é o caso da paciente Raimunda Braz Silva Dias, 110 anos, que sofreu um acidente doméstico enquanto enchia um litro de água na sua casa, no Residencial Dom Avelar, em Teresina/PI. O seu neto, Francisco das Chagas, conta que a avó é lúcida e muito ativa e ainda quer ajudar nos afazeres domésticos. Internada no HGV há uma semana, D. Raimunda já passou por vários exames para saber suas condições físicas para realizar o procedimento.  

O coordenador da Clínica Ortopédica do HGV, Wilson Rodrigues, explica que a idosa fraturou o fêmur com a queda, muito comum nesse tipo de pacientes. “O Hospital, pela sua experiência em alta complexidade, possui capacidade técnica de atender pacientes graves, pois para realizar esse tipo de procedimento precisa ter leito de UTI e profissionais com habilidade técnica para tanto, o HGV é o único da rede do Sistema Único de Saúde (SUS) no Piauí habilitado para isso", destaca Rodrigues.

Dos 59 pacientes que estavam na lista de pacientes em Regulação, no período de 9 de julho a 4 de agosto, 17 são idosos, sendo 15 do sexo feminino.  Somente esta semana, o HGV já recebeu 42 destes pacientes. A meta é que até o sábado (6), todos sejam operados.

Fonte: Portal MN