Homem confessa ter comido fígado de vítima que matou

Em 4 de maio começaram a encontrar os restos de um corpo masculino com cerca de 40 anos.

Um homem detido pela polícia moscovita confessou ter comido parte do fígado da pessoa que assassinou, informou nesta terça-feira o Comitê de Instrução russo.

Nikolai Shadrin foi detido pela polícia moscovita sob a suspeita de ter esquartejado um homem e durante o interrogatório "confessou ter cometido outro crime, comeu parte do fígado da vítima", detalhou Vladimir Markin, porta-voz do CI, à agência russa Interfax.

Em 4 de maio começaram a encontrar os restos de um corpo masculino com cerca de 40 anos em um bairro do sudeste de Moscou.

Os investigadores que examinaram os fragmentos encontrados conseguiram determinar a identidade da vítima e o dia em que foi assassinado, em 2 de maio. Pouco depois, foi descoberto o apartamento onde a vítima passou as últimas horas.

"No apartamento foram localizadas as ferramentas com as quais foi esquartejado o corpo e, no frigorífico, parte de um fígado humano", disse o CI.

Shadrin, paciente de uma clínica psiquiátrica e que já foi processado em reiteradas ocasiões, confessou que havia comido a parte do fígado que faltava.

Fonte: Terra