Homem pode contrair tétano por falta de vacina em Teresina

Homem pode contrair tétano por falta de vacina em Teresina

A dona de casa, dona Maria, afirmou que está preocupada e que já andou em quase todos os hospitais do SUS

As reclamações contra as condições de atendimento do hospital do bairro Primavera continuam crescentes. Desta vez, as queixas giram em torno do serviço de urgência que, em caso de lotação, leva duas horas para atender um paciente.

?Quando está lotado, a gente leva até duas horas para ser atendido. Isso se não for transferido para outro hospital?, disse um paciente.

De forma semelhante a outras instituições de Saúde de Teresina, o hospital do bairro Primavera não tem vacina para tétano. O marido de dona Maria se cortou com um ferro e não consegue vacina contra o tétano. ?Desde ontem que a gente foi para os hospitais do Satélite, do Buenos Ayres, do Vila Bandeirantes, Novafapi, Piçarreira e até agora nada?

Fonte: Denison Duarte