Homem detém sequestrador de 13 anos: "Segurei pelos cabelos"

Adolescente estava com quadrilha formada por mais quatro pessoas. Grupo invadiu casa e agrediu uma família

O dono da casa que foi invadida por cinco criminosos na noite desta terça-feira (10) em São Vicente, no litoral de São Paulo, continua assustado com a situação que teve que enfrentar ao lado da filha e da esposa, quando foi abordado por três homens e duas mulheres que invadiram a residência e mantiveram a família em cativeiro enquanto vasculhavam o local.

Segundo o proprietário, que preferiu não se identificar, o grupo estava posicionado esperando a hora que ele chegasse em casa. Assim que o homem abriu a porta da garagem e entrou no veículo, os suspeitos chegaram e colocaram a arma na cabeça dele e invadiram a residência. "Eles me ameaçaram e colocaram a arma na minha cabeça. Sempre pedindo dinheiro. Me deram um chute e arrancaram o relógio do meu pulso. Ficaram nos ameaçando o tempo inteiro por causa de um cofre velho", lembra.

Um vizinho da casa, que fica na avenida Capitão Luiz Horneaux, notou a movimentação estranha e acionou a polícia. "Eu vi duas pessoas do lado dele e a primeira coisa que pensei foi ligar para a polícia. Entre a minha ligação, até a saída deles, que inclusive gritei avisando que a polícia estava indo, não demorou nem 40 segundos para as viaturas chegarem", conta um vizinho que também preferiu não se identificar.

Antes da viatura chegar, um dos criminosos já tinha desaparecido. Os outros dois pularam o muro da casa e fugiram. O dono da casa, porém, conseguiu impedir a fuga das duas garotas, entre elas uma menina de 13 anos de idade. "Assim que a vitura chegou eles saíram correndo. Eu consegui segurar as duas meninas pelos cabelos. É muita ousadia. São bandidos. Marginais perigosos. Invadiram a minha residência com a minha filha e a minha esposa lá. Se não fosse os vizinhos eles poderiam ter feito algo pior com um de nós", explica.

O caso

Uma família foi feita refém na noite desta terça-feira (10) em São Vicente, no litoral de São Paulo. Uma adolescente de 13 anos fazia parte do grupo de assaltantes e tentou fugir do local carregando um videogame, mas acabou sendo surpreendida pela polícia. Além da garota, três homens e uma mulher também invadiram a casa.

Segundo a Polícia Militar, o crime aconteceu por volta das 22h30 em um imóvel na avenida Capitão Luiz Horneaux, no bairro Jardim Guassu. Os assaltantes invadiram a residência e ameaçaram as vítimas várias vezes. Um deles, que estava armado, ficou com a família na sala e chegou a agredir um aposentado no braço. Enquanto isso, outros criminosos reviraram todos os quartos da casa e tiraram tudo o que estava guardado em armários e gavetas. Segundo a polícia, eles procuravam um cofre, dinheiro e joias.

Na hora do assalto, a cortina da casa estava aberta. Os vizinhos notaram a movimentação estranha e resolveram acionar a polícia. Uma adolescente de 13 anos e uma outra mulher, que participavam do roubo, tentaram fugir com um videogame e um computador, mas uma das vítimas conseguiu imobilizar as duas. Os outros três assaltantes, que estavam armados, conseguiram fugir com R$ 500, dois celulares e um relógio.

Um dos criminosos fugiu antes de a polícia chegar no local e outros dois assaltantes pularam o muro dos fundo e invadiram várias casas vizinhas. O computador e o videogame, que estavam com as mulheres, foram recuperados. Uma delas foi encaminhada para a Cadeia Feminina anexa ao 2º Distrito Policial de São Vicente. A menor de idade ainda deve ser ouvida pela Justiça. Os três homens continuam foragidos.

Fonte: G1