Homem é preso acusado de esconder corpo de mulher no freezer

Acusado alegou legítima defesa, porque, segundo ele, a mulher estaria tentando envenená-lo

Um homem de 45 anos foi preso às 18h44 de sexta-feira, em Osasco, São Paulo, acusado de matar a esposa e colocar o corpo da vítima no freezer de sua casa. Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), o corpo da mulher foi encontrado congelado, em posição fetal, dentro do eletrodoméstico na residência do casal.

A SSP afirmou ainda que o acusado alegou legítima defesa, porque, segundo ele, a mulher estaria tentando envenená-lo. Ele disse que matou a mulher por asfixia.

A vítima ainda não foi identificada. A SSP disse que aparentemente não havia marcas de sangue nem de lesões no corpo da mulher.

O homem foi encaminhado a um hospital para receber atendimento e depois encaminhado à cadeia pública local. Foi solicitada a perícia do local do crime. O caso foi registrado no 10º DP de Osasco.

Fonte: Terra, www.terra.com.br