Homem morre na frente do hospital por falta de atendimento

Para muito isso não foi seguir protocolo e sim omissão de socorro

Um homem identificado apenas por Moises, morreu na frente do hospital Dirceu Arcoverde, diante dos profissionais de saúde do estado do Piauí. Segundo testemunhas várias pessoas foram até o hospital comunicar que a vítima estava prestes a morrer e após cerca de vinte minutos ninguém fez o socorro alegando seguir o protocolo.

O funcionário da funerária onde o homem morreu em frente foi uma das pessoas que pediu socorro e o policial de plantão junto com outras pessoas alertaram o hospital que nada fez além de constatar o óbito.

Para muito isso não foi seguir protocolo e sim omissão de socorro. Pessoas que o conheciam disseram que ele bebe muito e sofre de epilepsia. Ele foi atendido antes pelo SAMU (Serviço de Atendimento de Urgência de Teresina) e após ser liberado do hospital, teve nova crise e segundo protocolo ele teria que ser levado novamente pelo SAMU.

 “Se fosse o parente de um deles será que teriam deixando morrer, ou se fosse alguma autoridade ou alguém com dinheiro será que isso teria ocorrido?”, questionaram as pessoas que presenciaram a morte em frente ao hospital Estadual Dirceu Arcoverde.

Ninguém do hospital foi encontrado para falar e a Polícia Militar manteve a ordem até chegada do IML (Instituto Médico Legal). A identidade e parentesco da vítima não foram encontrados até fecharmos a matéria.

Homem morreu em frente ao hospital (Crédito: Reprodução)
Homem morreu em frente ao hospital (Crédito: Reprodução)
Homem morreu em frente ao hospital (Crédito: Reprodução)
Homem morreu em frente ao hospital (Crédito: Reprodução)
Fonte: Com informações do Blog do Pessoa