Homem pula muro para olhar mulher pelada e acaba preso

O acusado foi encaminhado para a Delegacia em Cocal

Um homem identificado como Evânio Pereira, conhecido como "Bagaço", foi preso em flagrante na madrugada desta sexta-feira (17/03). Ele é suspeito de  invadir uma residência para "espiar" uma mulher tomando banho.

A vitima entrava no banheiro que fica no quintal da casa quando flagrou o suspeito. A jovem saiu  correndo e gritando chamando a atenção da vizinhança que perseguiu o suspeito e o deteve a poucos metros do local.

O acusado foi encaminhado para a Delegacia de Policia Civil de Cocal, onde foi ouvido pela autoridade policial e liberado depois da confecção de um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), o imputando o crime de violação de domicilio.

Em sua defesa o indiciado respondeu que está sendo acusado injustamente, pois não adentrou o quintal da casa da vitima, nesse momento ele estava sentado numa calçada quando ouviu alguns populares gritando "pega ladrão", que com medo escondeu-se debaixo de uma mesa de sinuca de um bar próximo ao ocorrido. 

Homem pula muro para olhar mulher pelada e acaba preso
Homem pula muro para olhar mulher pelada e acaba preso


Na delegacia, os Policiais Civis investigaram a vida pregressa do acusado e descobriram que esta já é a terceira vez que ele está sendo indiciado por cometer esse mesmo tipo de delito, um deles com agravante de ato obsceno. Em um dos dois processos, o que mais chamou a atenção na denúncia do Ministério Público foi o fato do acusado ter invadido uma propriedade e ter sido flagrado nu e se masturbando por três garotas de 14, 11 e 07 anos de idade, respectivamente, que tomavam banho no quintal. 

Outro fato que a policia tomou conhecimento por meio de populares é que há alguns meses Bagaço agindo no mesmo modus operandi foi espionar uma mulher casada tomando banho. Na ocasião, a cena foi presenciada pelo marido dela que o pegou e surra para dez jumentos o acusado levou sozinho. 

Ainda de acordo com populares, no entorno onde o acusado reside e/ou gosta de frequentar, as mulheres estavam tendo suas calcinhas usadas furtadas do varal. Alguns amigos do acusado informaram que quando ele estava sob efeito de bebida alcoólica exibia as peças como um troféu e indagado sobre o que fazia com as calcinhas, ele respondia que as pegava para cheirá-las.

O Agente de Polícia Civil, Walter Brune, pede encarecidamente a outras mulheres que foram vitimas de Bagaço nos últimos seis meses que procurem a delegacia para denunciá-lo. 

Fonte: Com informações do Blog do Coveiro