Homem que teve o corpo queimado em Parnaíba está em estado grave no HUT

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) prestou socorro às vítimas e levou para o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA).

Nesta terça-feira (05) o diretor do Hospital de Urgência de Teresina, Gilberto Albuquerque, informou que é grave o estado de saúde de Antônio Valdo Sousa, de 50 anos, que teve 70% do corpo queimado após um fogareiro de uma boca ligado a um botijão de gás explodir no condomínio Vicente Frota Aguiar, em Parnaíba.

Image title

De acordo com informações,  Antônio Valdo Sousa, estava com sua filha Renata Carneiro Silva, de 30 anos, que sofreu apenas ferimentos leves. Antônio estava se organizando e dispunha somente de um fogareiro de uma boca ligado ao botijão de gás.

Ele aumentou a chama para acelerar o cozimento, mas de repente o fogo ficou muito alto. Quando foi averiguar o que estava sucedendo, a explosão aconteceu. Sua filha correu e ele tentou conter as chamas. Uma criança de sete anos de idade, que estava no local, não sofreu nada.

Diante da proporção do fogo, correu para o banheiro e se cobriu com duas tolhas molhadas. No entanto, já estava com queimaduras graves no rosto e nos braços. Os vizinhos tentaram debelar as chamas com extintores de incêndio, mas não foi o bastante. Somente com a intervenção do Corpo de Bombeiros Militar é que o fogo foi contido.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) prestou socorro às vítimas e levou para o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA).

Fonte: Portal MN/Proparnaiba