Hospital do Mocambinho vai dobrar capacidade de atendimento a usuários de álcool e outras drogas

Capacidade do hospital irá dobrar para atender usuários de álcool e drogas

CONFIRA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DESTA QUARTA-FEIRA (17) DO JORNAL MEIO NORTE

O Hospital do Mocambinho recebeu mais dez leitos de atenção psicosocial, para o tratamento dos usuários de álcool e outras drogas, na última terça-feira (16). Com isso, o local, que é o hospital de referência nessa área, no Piauí, irá dobrar o número de atendimentos, saindo dos atuais 50 mensais para 100 usuários, por mês.

A gerente de saúde mental da Sesapi, Leda Trindade, explica que, com isso, Teresina chega, até o final do ano, a 38 leitos voltados para o tratamento desses pacientes e alcança a determinação do Ministério da Saúde, que é um leito para cada 23 mil habitantes. “Para que se chegue ao que determina o Ministério da Saúde, nós precisaríamos de cerca de 36 leitos, mas já vamos alcançar os 38, já que além dos 20 do Hospital do Mocambinho, a prefeitura também está instalando 18”, afirmou. Os leitos municipais estão distribuidos da seguinte forma: dez no bairro Promorar, quatro no Hospital da Primavera e quatro no Hospital Mariano Castelo Branco, na Santa Maria da Codipi.

A diretora do Hospital do Mocambinho, Gina Nogueira, explica que cada paciente fica em torno de 15 dias, nos leitos, podendo ser menos, dependendo do tipo de droga usada. Depois disso, eles são encaminhados para um tratamento mais longo, nas comunidades terapêuticas da cidade. “Aqui eles recebem uma preparação para que possam dá entrada na comunidade terapêutica. Nesses 15 dias eles passam por um processo de desintoxicação, com a realização de atividades para que não fiquem ociosos”, explicou.

 

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Pollyana Carvalho