Hospital de Urgência cancela mais de 100 cirurgias em THE

Indicativo de greve está prejudicando o atendimento aos pacientes que necessitam de cirurgias de urgência e emergência

A Prefeitura de Teresina informa que o indicativo de greve dado pelo Sinatepi para enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem lotados no centro cirúrgico do Hospital de Urgência de Teresina Prof. Zenon Rocha não está condizente com os acordos firmados com essas categorias nos Planos de Cargos Carreiras e Salários ? PCCS.

Este indicativo de greve está prejudicando o atendimento aos pacientes que necessitam de cirurgias de urgência e emergência. Desde o dia 27 de maio mais de 100 cirurgias já foram canceladas, prejudicando a saúde e levando os pacientes a quadros de complicação, inclusive risco de morte.

Neste plano foi concedido aumento de 25% para técnicos e auxiliares de enfermagem, sendo o aumento de 5% com a incorporação automática de gratificação ao vencimento, 10% já iniciado em fevereiro e 10% programado para agosto próximo.

Para os enfermeiros o aumento foi de 8% conforme o PCCS, portanto, estas categorias não se enquadram no aumento de 5,85% que é para as demais que não possuem plano específico.

Fonte: Bom Dia Meio Norte