Idosa descobre que contraiu o vírus HIV após morte do marido

“Fiquei tão revoltada”, disse

Uma idosa de 67 anos, que preferiu não se identificar para manter o sigilo de seu estado clínico, descobriu que era portadora do vírus HIV após a morte do marido, responsável por transmitir o vírus para ela.

Image title

— Descobri que estava doente quando ele faleceu. Os médicos falaram que era falênciamúltipla. Não fui eu quem pegou o atestado de óbito dele, foi minha cunhada,então, a família dele, a mãe e as irmãs, sabiam. Eu não.

A história dessa senhora é triste e, infelizmente, cada vez mais comum. Em 10 anos, o número de casos de AIDS em pessoas com mais de 60 anos teve um aumento de mais de 50%, segundo informações do Ministério da Saúde.

— Fiquei tão revoltada! Quando ele ficou sabendo, ele deveria ter chegado e dito:"Olha, estou com isso"; porque ele morria de medo de mim. A gente brigava demais. Ele falaria e iria embora para a casa da mãe dele. Eu ia me cuidar. Porque se ele tivesse falado logo, eu tomaria os coquetéis e não chegaria no ponto que eu cheguei.

A idosa se casou em 1964, 10 anos antes da descoberta do HIV. Quando ficou sabendo que era portadora do vírus, seus dois filhos játinham nascido.

Segundo o Ministério da Saúde, sete em cada 100 brasileiros idosos estão contaminados pelo vírus da AIDS.  O HIV não escolhe idade, gênero ou classe social, todos sexualmente ativosestão vulneráveis

Fonte: Com informações do R7