Idosa morre por não resistir ao assassinato do próprio neto no dia do jogo do Brasil

O caso aconteceu uma hora antes de iniciar a partida do Brasil x Chile

Lukas Lindenberg foi executado a tiros no Parque Piauí, na zona Sul de Teresina, no dia do jogo da seleção brasileira contra o Chile. O caso aconteceu por volta das 12h, portanto, uma hora antes do início da partida. Ele acabou morrendo no colo da própria mãe.

Uma semana depois, morreu de ataque cardíaco a avó de Lukas, dona Alzira Francisca, de 65 anos de idade. Segundo familiares, ela não suportou a dor da perda do neto. ?Minha irmã morreu por causa da morte do neto. O meu sobrinho não era pessoa ruim. Qualquer pessoa pode olhar a ficha dele. Ele era querido de todos no bairro?, afirmou Zilda Francisca, tia de Lukas.

"Ela já tinha problema no coração. Só que estava sendo acompanhada pelo médico e ela estava bem. No dia da notícia ela aceitou numa boa, mas ficou o tempo todo calada e, de repente, nós encontramos ela morta às 3h. Ela não aguentou a pressão psicológica. Eu só quero justiça! Eu não vou parar e nem ficar calada?, afirmou Deusanira de Araújo, mãe de Lukas.

O delegado Igor Martins, assegurou à Rede Meio Norte que as investigações estão avançadas.

Fonte: Denison Duarte