Idosa morre por não resistir ao assassinato do próprio neto no dia do jogo do Brasil

Idosa morre por não resistir ao assassinato do próprio neto no dia do jogo do Brasil

O caso aconteceu uma hora antes de iniciar a partida do Brasil x Chile

Lukas Lindenberg foi executado a tiros no Parque Piauí, na zona Sul de Teresina, no dia do jogo da seleção brasileira contra o Chile. O caso aconteceu por volta das 12h, portanto, uma hora antes do início da partida. Ele acabou morrendo no colo da própria mãe.

Uma semana depois, morreu de ataque cardíaco a avó de Lukas, dona Alzira Francisca, de 65 anos de idade. Segundo familiares, ela não suportou a dor da perda do neto. ?Minha irmã morreu por causa da morte do neto. O meu sobrinho não era pessoa ruim. Qualquer pessoa pode olhar a ficha dele. Ele era querido de todos no bairro?, afirmou Zilda Francisca, tia de Lukas.

"Ela já tinha problema no coração. Só que estava sendo acompanhada pelo médico e ela estava bem. No dia da notícia ela aceitou numa boa, mas ficou o tempo todo calada e, de repente, nós encontramos ela morta às 3h. Ela não aguentou a pressão psicológica. Eu só quero justiça! Eu não vou parar e nem ficar calada?, afirmou Deusanira de Araújo, mãe de Lukas.

O delegado Igor Martins, assegurou à Rede Meio Norte que as investigações estão avançadas.

Fonte: Denison Duarte