Índios encontram avião da FAB na Floresta Amazônica

De acordo com nota divulgada no início desta tarde, há relatos de sobreviventes.

Indígenas da tribo dos Matis notificaram a Fundação Nacional do Índio (Funai) de ter encontrado, nesta manhã, a aeronave C-98 da FAB que desapareceu entre o Acre e o Amazonas na quinta-feira, informou o Comando da Aeronáutica. De acordo com nota divulgada no início desta tarde, há relatos de sobreviventes.

Segundo as informações, a aeronave encontra-se em meio à Floresta Amazônica, entre as Aldeias Aurélio (da tribo dos Matis) e Rio Novo (da tribo dos Murugos), próximo ao Rio Ituí, afluente do Rio Javari.

Desaparecimento

O avião partiu de Cruzeiro do Sul (AC), por volta das 8h30 de quinta-feira e deveria ter pousado em Tabatinga(AM), a 1.108 km de Manaus, às 10h15.

A rota de vôo direto entre as duas cidades passa sobre o território de várias aldeias pertencentes à terra indígena Vale do Javari, onde moram cerca de 3,7 mil índios. Há pistas de pouso apenas para aeronaves de pequeno porte, localizadas nos destacamentos do Exército, ao longo de toda a fronteira com o Peru. A Aeronáutica já confirmou que, cerca de 85 minutos depois da decolagem, o avião enviou um sinal eletrônico de emergência, o que facilitou a determinação de um ponto de partida para as buscas.

Nesta sexta-feira, sete aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) realizam buscas na região. O Comando da Aeronáutica informou que as condições meteorológicas eram boas no horário do desaparecimento do avião e que permanecem boas durante as operações de busca.

Fonte: Terra, www.terra.com.br