Infrações de trânsito diminuem mais de 40% em Teresina e região

Os dados são da CIPTran, referente ao primeiro trimestre de 2016.

O número de infrações de trânsito diminuiu em mais de 40% em Teresina. Segundo dados da Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (CIPTran), referentes ao primeiro trimestre de 2016, foram registradas 1.224 ocorrências, enquanto que, no mesmo período do ano passado, o número de infrações na capital foi de 2.979.

Para Levi Gomes, diretor de Infrações do Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran-PI), a diminuição se deve a um trabalho em parceria com a Escola Piauiense de Trânsito (EPT). "É um resultado positivo, já que o Detran tem intensificado a fiscalização cada vez mais e, mesmo assim, o número de infrações tem diminuído. Significa que o condutor está mais atento às leis de trânsito e isso é um resultado das campanhas educativas desenvolvidas pelo órgão", explica o diretor.

O Detran trabalha a organização do trânsito em todo o estado de forma preventiva, orientando e educando condutores primeiro e fiscalizando em seguida. "Não adianta só multar, é preciso que o condutor entenda que respeitar o Código Brasileiro de Trânsito (CTB) promove cidadania no trânsito e ajuda a construir um trânsito mais seguro e harmônico para todos", ressaltou Levi Gomes.

As duas infrações mais praticadas nos primeiros três meses do ano foram "Dirigir veículo sem possuir CNH", com 343 ocorrências e "Conduzir moto sem capacete ou acessório de segurança", com 273 infrações registradas. O comerciante Ricardo Freitas foi um dos autuados por não estar utilizando capacete.

"Eu estava indo pegar minha namorada na parada de ônibus quando passei pela blitz. Na hora, tentei argumentar que a distância era pouca e, na pressa, não dei importância para o capacete, mas lei é lei. Depois eu fiquei pensando que para acidente não tem isso de longe ou perto, por isso tem que usar capacete mesmo", declarou o condutor.

As infrações gravíssimas continuam sendo as mais registradas, mas ainda assim houve uma redução de 59%. Em 2015, foram 2.290 multas, enquanto neste ano, o número caiu para 939 ocorrências. Ainda assim, o Detran tem intensificado suas blitzen para garantir o cumprimento do CTB. O órgão realiza blitzen de fiscalização de segunda a sexta nos horários manhã e noite.


 Ação de fiscalização no trânsito realizada pelo Detran.   (Crédito: Ascom Detran)
Ação de fiscalização no trânsito realizada pelo Detran. (Crédito: Ascom Detran)
Fonte: Com informações do Portal do Governo