Acusada de dirigir bêbada, ex-miss EUA comparece a tribunal

Acusada de dirigir bêbada, ex-miss EUA comparece a tribunal

Fakih, de 26 anos, deixou o tribunal sem falar com a imprensa

A ex-miss Estados Unidos Rima Fakih compareceu nesta quarta-feira (18) a um tribunal de Detroit para uma a primeira audiência do caso em que é acusada de dirigir bêbada.

A juiza Brigette Officer marcou a data do julgamento para 14 de março, mas advogados de defesa e a acusação disseram que pretendem chegar a um acordo e encerrar o caso antes da data.

Fakih, de 26 anos, deixou o tribunal sem falar com a imprensa. ?Peço desculpas, meu advogado não quer que eu fale?, disse.

Segundo a polícia, Fakih estava dirigindo a quase 100 km/h e ?costurando? no trânsito sem sinalizar quando foi parada, no dia 3 de dezembro. Policiais disseram ter encontrado uma garrafa de champanhe aberta detrás do banco do motorista do carro, um modelo Jaguar 2011.

A modelo negou que tivesse bebido, mas um teste do bafômetro indicou um percentual de 0,20 de álcool no sangue dela, superior ao limite legal de 0,08 nos Estados Unidos.

?É claro que ela está arrependida. Ela é um modelo de garota, uma mulher de caráter excepcional?, disse o advogado de defesa, W. Otis Culpepper. Ele disse estar preparado para o julgamento, mas reforçou que acredita que um acordo é possível.

Nascida no Líbano, Fakih mudou para os Estados Unidos em 1993 com a família. Ela ganhou o concurso de Miss EUA em maio de 2010, e seu ?reinado? terminou em junho do ano passado. Representando o estado de Michigan, ela foi a primeira modelo de origem árabe a vencer o concurso de beleza.

Fonte: G1