Los Angeles: agente de segurança morre em tiroteio em aeroporto

Los Angeles: agente de segurança morre em tiroteio em aeroporto

O atirador, que portava um rifle, efetuou os disparos no terminal 3 do aeroporto.

Um funcionário da TSA (Agência de Segurança do Transporte dos EUA, na sigla em inglês) morreu nesta sexta-feira (1º) após ser baleado por um atirador no Aeroporto Internacional de Los Angeles (LAX), nos Estados Unidos.

O atirador, que portava um rifle, efetuou os disparos no terminal 3 do aeroporto. Segundo a polícia, ele foi baleado no tiroteio e está sob custódia. De acordo com a agência de notícias Associated Press,o atirador foi identificado como Paul Ciancia, um rapaz de 23 anos de idade, morador de Los Angeles.

O chefe de segurança do aeroporto, Patrick Gannon, disse que a polícia acredita que o atirador tenha agido sozinho e que ele é, até o momento, o único suspeito. "Já houve muita investigação desde então", afirmou, durante uma entrevista coletiva.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, sete pessoas ficaram feridas no incidente, algumas delas em estado grave.

Testemunhas disseram que os agentes de segurança chegaram ao terminal gritando para avisar que havia um homem armado, então vários passageiros se jogaram no chão e houve princípio de pânico, com passageiros empurrando uns aos outros, segundo relatos de testemunhas.

Situação sob controle

O terminal 3 foi totalmente evacuado e fechado após o incidente, que aconteceu por volta das 9h30 local (14h30 em Brasília), mas a situação já foi controlada e não oferece mais riscos, afirmou o prefeito de Los Angeles, Eric Garcetti.

Pousos e decolagens chegaram a ser cancelados, mas a situação já foi normalizada em todo o aeroporto, exceto no terminal 3, que está fechado para investigação.

Fonte: UOL