Alagoana de 17 anos eleita mais bela "teen" do mundo diz ter vencido preconceito

Alagoana de 17 anos eleita mais bela "teen" do mundo diz ter vencido preconceito

Já sobre o futuro dos estudos, a estudante diz achar ainda ser cedo para pensar em vestibular

A nova miss adolescente do mundo é de Maceió, com muito orgulho. Gabriele Marinho, 17 anos, foi coroada Miss Teen World neste final de semana em Houston, nos Estados Unidos, e chegou nesta segunda-feira (8) ao Brasil com duas vitórias: ?Nem caiu a ficha, estou muito feliz. E venci o preconceito?, disse a nova miss ao G1. ?As pessoas dizem: você é tão bonita, parece do Sul. Eu provei o contrário, que meu estado está muito acima de qualquer preconceito.?

Fã da modelo do Rio Grande do Sul Alessandra Ambrósio, Gabriele diz que muitas vezes foi questionada se era gaúcha, por ser loira de olhos verdes. ?Você nasceu mesmo em Alagoas? perguntavam. Já no meu primeiro concurso, juvenil, me perguntaram se eu era mesmo de Maceió. Mas eu respondia: meu sotaque não nega.?

Nos Estados Unidos, durante o Miss Teen World, Gabriele também chegou a ser confundida, mas, segundo ela, não houve preconceito. ?Só perguntaram se eu era da Itália, mas eu respondi: Não, sou do Brasil! E me trataram muito, muito bem mesmo. Fui bem recebida, por todo mundo, com muita amizade?, conta a nova miss. ?Mas esses comentários maldosos não me incomodam. Sempre vai ter crítica, é isso. Você está no ramo de beleza, não consegue ser unanimidade. Se eu for prestar atenção nesses mínimos detalhes não consigo seguir em frente.?

Gabriele, que começou a desfilar aos 12 anos, venceu 24 competidoras de diversos países pelo título de mais bela adolescente do mundo, um prêmio de US$ 30 mil e uma bolsa de estudos em uma universidade americana. ?Ganhei essa bolsa, mas [cursar] vai depender se eu der certo como modelo, atriz, apresentadora?, afirma. Questionada sobre qual dos três vai escolher, ela ainda hesita: ?Eu quero entrar no ramo artístico, mas a princípio modelo mesmo. Acho que mais comercial?, afirma, sobre o fato de ter 1,70 m de altura.

Já sobre o futuro dos estudos, a estudante diz achar ainda ser cedo para pensar em vestibular. No terceiro ano do colegial, restou pouco tempo para as aulas. ?Eu perdi um monte de prova, mas o colégio está me apoiando. Na semana que vem eu começo. Estou pensando. Mas como eu ganhei agora, é meio complicado para estudar. Mas eu vou tentar. Nutrição ou direito?, diz. Mesmo com a ausência na escola, ela afirma que o apoio dos colegas é grande. ?Estão fazendo a maior festa. Meu facebook está lotado.?

Silicone?

Para vencer o concurso, Gabriele conta também que fez seis meses de aulas de inglês e seguiu uma rotina de exercícios na academia e com um personal trainer. Além disso, começou a comer coisas mais naturais. ?Eu gosto de Mc Donald?s, mas faz muito tempo que eu não como. Refrigerante faz dois anos, nem sinto falta. Como frutas, essas coisas assim.? Já sobre uma entrevista que deu ao G1, afirmando que não colocaria silicone, ela diz não ter mudado de ideia e que também não pensa em fazer nenhum tipo de cirurgia plástica. ?Eu gosto do meu corpo assim, me acho proporcional. Prefiro malhar. Quem sabe quando eu ficar mais velha, cair tudo?, brinca.

A alagoana também diz não fumar nem beber. ?Não acho bonito.? Além disso, afirma ser contra o aborto, com exceção apenas a casos de estupro ou morte do feto, e diz que ainda não votou depois de ter completado 16 anos. ?Achei que não estava na hora, não estava acompanhando muito.? Ela ainda apoia a opção de muitos jovens que, hoje, pregam a virgindade antes do casamento. ?Eu apoio, particularmente para mim, mas nos dias de hoje, vejo que é difícil isso acontecer.?

A Miss Teen Alagoas 2009, Miss Brasil Juvenil 2009, Miss Teen Brasil 2010 ainda deixa uma mensagem às adolescentes que agora ela deve representar por um ano, promovendo o concurso. ?Tentar sim, ganhar talvez, desistir jamais. Nunca perca o foco naquilo que você quer?, completa. ?Hoje eu sou o que sou porque quis assim.?



Fonte: g1, www.g1.com.br