Aluna que fez blog com críticas é proibida de fotografar merenda

Aluna que fez blog com críticas é proibida de fotografar merenda

Martha Payne avaliava qualidade e quantidade de merenda e atraiu atenção internacional

A menina escocesa de nove anos que provocou mudanças na alimentação de sua escola depois do sucesso de um blog que avaliava a qualidade da merenda foi proibida de fotografar as refeições servidas.

Martha Payne fez um blog que teve mais de 2 milhões de visitações em poucas semanas e acabou rendendo um tuíte de apoio do conhecido chef Jamie Oliver.

Desde o dia 30 de abril, ela fotografava seus lanches com a permissão da escola e postava as fotos diariamente no blog chamado "Never Seconds" ("Nunca repetir o prato", em tradução adaptada), com comentários e notas para a refeição.

Mas, na quinta-feira, a estudante informou pelo blog que foi chamada pela diretora da escola durante uma aula.

"Nesta manhã, (na aula de) matemática fui tirada da sala pela minha diretora e levada para a sala dela. Ela me falou que eu não poderia mais tirar fotos da minha merenda devido a uma manchete em um jornal de hoje", escreveu Martha em um post chamado "Adeus".

"Eu escrevo apenas no meu blog, não em jornais e estou triste por não ter mais a permissão para tirar as fotos. Vou sentir falta de dividir e avaliar minha merenda e também vou sentir falta (das fotos de) merendas que vocês me enviam."

Decisão do conselho

A decisão pela proibição foi tomada pelo conselho municipal depois que o jornal escocês Daily Record publicou uma foto de Martha junto com o chef escocês Nick Nairn e a manchete "Hora de demitir a merendeira".

O blog foi estabelecido por Martha Payne com a ajuda de seu pai, Dave. Depois da proibição, ele postou uma explicação no blog.

"A escola de Martha tem sido brilhante e dado apoio desde o começo, eu gostaria de agradecer a todos eles."


Aluna que fez blog com críticas é proibida de fotografar merenda

"Entrei em contato com o Conselho de Argyll e Bute (autoridade local) quando Martha me disse o que aconteceu hoje na escola e eles me disseram que foi decisão deles proibir as fotos de Martha", acrescentou.

"É uma vergonha que um blog que hoje conseguiu 2 milhões de acessos, que inspirou debates aqui e em outros países e levantou quase 2.000 libras (mais de R$ 6.000l) para caridade seja obrigado a acabar."

O secretário de Educação da Escócia, Mike Russell, também criticou a proibição das fotos no blog de Martha.

Em sua conta no Twitter, Russel afirmou que a decisão foi "tola e vou pedir que o diretor-executivo do Conselho que revogue isto".

O Conselho de Argyll e Bute até o momento não respondeu à polêmica sobre o blog de Martha.

Mas, em uma declaração divulgada em maio, o conselho afirmou que "nosso fornecimento de merendas segue os padrões nutricionais impostos no país."

"Jovens escolhem a partir de pelo menos duas refeições e salada, verduras, iogurte e opções de queijo, disponíveis todos os dias."

Realidade

De acordo com o blog de Martha Payne, a realidade das merendas não era exatamente como o conselho informou.

No começo do blog, as refeições, sempre em porções pequenas, incluíam pizza, hambúrgueres, frituras, poucas verduras e nenhuma fruta.

E, entre os aspectos avaliados pela menina, estavam a qualidade da comida, a quantidade de "garfadas" em uma porção e o número de fios de cabelo encontrados.

Alertado por internautas sobre o projeto, o chef Jamie Oliver chegou a mandar uma mensagem para a menina através do Twitter: "Blog chocante, mas inspirador. Continue! Com amor, Jamie".

A repercussão do blog fez com que o Conselho Municipal de Argyll e Bute, na Escócia, se pronunciasse sobre o assunto e fizesse uma visita à escola da menina e a qualidade das refeições melhorou, mesmo que temporariamente, de acordo com o pai de Martha, Dave.

Pai e filha foram convidados para um encontro realizado pelo chef escocês Nick Nairn, autor de diversos livros e apresentador de programas de TV.

Fonte: G1