Amante revoltada corta pênis de homem que a rejeitou em motel

A polícia e o hospital não informaram o estado de saúde de Liu

Com sangue frio,uma mulher chinesafoi filmada com tesoura na mão  pelas câmeras de segurança de um motel, após cortar o pênis do homem com quem se relacionava. Ela saiu calmamente do estabelecimento.

O homem que teve o órgão sexual mutilado já tinha deixado as instalações do lugar. A moça da tesoura, chamada Zhang, cometeu essa barbaridade por um motivo: foi rejeitada. Ficou revoltada porque ele disse que não deixaria mulher com quem é casado .

Ele deixou o motel correndo pelas ruas, com sangue nas mãos, procurando um hospital. Liu tem 50 anos e é um empresário. A amante tem 20.  Zhang, que é procurada pela polícia, ainda deixou outra tesoura no local do crime.

Um funcionário da portaria e hóspedes contaram ter ouvido uma discussão no quarto onde Zhang e Liu estavam. Em seguida, um grito de dor foi ouvido. O homem da portaria disse que entrou no quarto e viu a cama cheia de sangue e parte do pênis da vítima sobre ela .

Após essa correria, ele acabou internado no hospital. Foi resgatado por médicos e enfermeiros de um posto de saúde próximo ao motel.  A polícia e o hospital não informaram o estado de saúde de Liu.

Um jornal chinês disse que ele ficou internado na UTI e terá de usar prótese, já que o pênis estava "completamente mutilado"


Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do R7