Mulher acha no lixo inspiração para negócios e enriquece; saiba

Mulher acha no lixo inspiração para negócios e enriquece; saiba

Enquanto esteve nas ruas, ela aprendeu a fazer artesanato para tentar conseguir algum dinheiro.

A americana Lucinda Yates, 57 anos, sempre esteve ligada ao empreendedorismo. Nascida no estado do Maine, aos 9 anos já organizava eventos e arrecadava fundos para ajudar pessoas com paralisia cerebral, já que sua irmã tinha essa doença. Com a morte do seu pai, no começo dos anos 80, sua família desmoronou, e Lucinda chegou a morar nas ruas da Califórnia com sua filha, com 3 anos na época. Depois de encontrar sua inspiração no lixo, ela criou a empresa de artesanato Designs by Lucinda, que já arrecadou fundos para pessoas carentes nos Estados Unidos e em países como Islândia e Malásia.

Enquanto esteve nas ruas, ela aprendeu a fazer artesanato para tentar conseguir algum dinheiro. Um ano e meio depois, voltou ao Maine, começou a trabalhar como garçonete e continuou vendendo seu artesanato. Em 1988, ela obteve uma nova inspiração ao encontrar folhas de papel cartão coloridas e formar com elas uma casinha.

Algum tempo depois, a americana criou broches com o desenho de uma casa e passou a vendê-los para abrigos de sem-teto por US$ 6 (R$ 12). As instituições, por sua vez, revendiam os broches por US$ 10 (RS 20) para arrecadar fundos. Hoje, ela já vendeu mais de 5 milhões de unidades, arrecadou mais de US$ 25 milhões (R$ 50 milhões) e é dona da empresa de artesanato Designs by Lucinda. Além da ajuda financeira, Lucinda faz o possível para motivar as pessoas carentes a sair da situação em que se encontram. ?Quando elas se deparam com alguém bem-sucedido, começam a imaginar que aquilo também pode acontecer com elas. É essa a mensagem que elas recebem: há uma chance?, disse Lucinda, em declaração ao Huffington Post.

Atualmente, a Designs by Lucinda emprega dez pessoas e produz broches, colares, brincos e anéis, entre outros adereços.

Fonte: revistapegn.globo.com