Anúncio de bebida que simula masturbação é proibido por "ofensa grave" no Reino Unido

Vídeo foi considerado inapropriado pela associação que controla a publicidade no Reino Unido

Um anúncio que se tornou viral (propagado com frequência nas redes sociais) que sugere a masturbação de vários homens em locais públicos para ao final revelar que eles estavam apenas agitando a bebida de proteína ?Shakes? foi proibido no Reino Unido por ofensa grave, de acordo com informações do jornal The Guardian publicadas nesta quarta-feira.


Anúncio de bebida que simula masturbação é proibido por

Segundo a publicação, o vídeo foi considerado inapropriado pela Advertising Standards Authority (Autoridade de Padrão da Propaganda, ASA, tradução livre) mesmo que ao final do vídeo fosse revelado que não se tratava de uma masturbação, mas que os personagens estavam sacudindo apenas a bebida. "Nós sacudimos para você. A bebida de proteína sem o agitador", diz a peça publicitária.

A ASA disse que o vídeo "aludiu à masturbação" com uma cena que indicava que um homem havia ejaculado nas costas de uma mulher. A agência proibiu o anúncio e recomendou que a empresa fique longe de conteúdos semelhantes no futuro.

A marca alegou que suas bebidas de proteínas em pó precisam de "agitação vigorosa e constante "para transformá-los em bom shakes e que o vídeo era uma brincadeira bem humorada que usou a antiga técnica de comédia de que ?nem tudo é o que vocês pensa?. Como o vídeo não passou na televisão, a marca disse que era pouco provável que o vídeo tenha sido visto fora do mercado-alvo composto por homens adultos interessados em esportes.

Fonte: Terra