Aos 112, espanhol nos EUA é o homem mais velho do mundo, afirma Guinnes

Ele substitui o japonês Jiroemon Kimura, que morreu aos 116

O espanhol Salustiano Sanchez-Blazquez, de 112 anos, tornou-se o homem mais velho do mundo, segundo o Livro Guinness.


Aos 112, espanhol nos EUA  é o homem mais velho do mundo, afirma Guinnes

Ele substitui o japonês Jiroemon Kimura, que morreu em 12 de junho, aos 116.

Sanchez-Blazquez, morador de Grand Island, no oeste do estado americano de Nova York, é um mineiro aposentado e músico autodidata.

O Livro Guinness usa relatórios de recenseamento, documentos de imigração, registros de casamento e reportagens antigas para confirmar o recorde.

Robert Young, consultor sênior de gerontologia do Guinness, disse que 90% dos supercentenários são mulheres, e Salustiano é atualmente o único homem registradamente nascido em 1901.

Nascido em 8 de junho de 1901, na vila de El Tejado de Bejar, na Espanha, ele era conhecido por seu talento na dulzania, um instrumento de sopro que ele aprendeu por conta própria e tocava em casamentos e festas.

Aos 17 anos, ele e seu irmão mais velho, Pedro, mudaram-se para Cuba com um grupo de amigos. Lá, ele trabalhou na colheita de cana.

Em 1920, ele chegou aos EUA por intermédio da famosa Ilha Ellis e foi trabalhar nas minas de carvão de Lynch, no estado de Kentucky.

Finalmente, mudou-se para Niagara Falls, em Nova York, onde ainda vive.

Ele se casou com sua esposa, Pearl, em 1934.

Em comunicado do Guinness, Salustiano, cujo apelido é Shorty, disse que estava agradecido pela atenção, mas afirmou que não acreditava ter conseguido "nada especial" só porque viveu tanto.

"Sou um homem velho e vamos deixara assim", disse ele, segundo sua filha, Irene Johnson, de 69 anos.

Salustiano morou com Irene em Grand Island desde a morte de sua esposa, em 1988, até se mudar para uma casa de repouso em 2007.

Ele afirma que o segredo de sua longevidade é comer uma banana por dia e tomar seis analgésicos por dia.

Mas sua filha tem outra teoria.

"Acho que é porque ele é um homem independente e determinado", diz.

Além da filha, ele tem um filho de 76 anos, John, e 7 netos, 15 bisnetos e 5 trinetos.

A pessoa mais velha do mundo continua sendo a japonesa Misao Okawa, de 115 anos.

A pessoa mais velha que já viveu no mundo, comprovadamente, foi a francesa Jeanne Louise Calment, que morreu com 122 anos e 164 dias.

Fonte: G1