Após dá soco, homem vai para hospital com um dente por dentro da sua mão

Homem chega ao hospital e surpreende médicos ao ter um dente inteiro dentro de sua mão após dar soco

Um jovem inglês de 19 anos que foi ao hospital com a mão inchada, surpreendeu-se ao saber que possuía um dente incorporado entre suas articulações dos dedos.

Ele havia, acidentalmente, atingido seu irmão na boca, na noite anterior, mas não estava ciente de que seu irmão havia perdido um dente. O operário alegou que apenas deu-lhe um soco quando seu irmão mais novo chegou de forma inesperada entre ele e o saco de pancadas – durante uma brincadeira. Depois de sofrer o golpe, o homem relatou que seu irmão atingido não tinha conhecimento da extensão de seus ferimentos.

O jovem que deu o soco, tinha um corte em sua própria mão, que ele lavou em uma torneira antes de ir para a cama. No dia seguinte, ele acordou com muita dor e sua mão estava tão inchada que mal podia mexer seus dedos.

Ele correu para o hospital, onde foi imediatamente dada uma vacinação contra o tétano, uma dose de antibióticos intravenosos e a ferida foi higienizada com solução salina.

A equipe de cirurgia plástica foi chamada e os médicos imediatamente lhe diagnosticaram como tendo uma ferida com infecção proveniente de mordida humana, e ordenaram um raio-X da mão.

Para surpresa do paciente, os raios-X revelaram a presença inesperada de um dente humano inteiro, provavelmente, um incisivo lateral, incorporado em sua mão após o soco. Os incisivos laterais são os dentes encontrados à esquerda ou à direita dos dois dentes da frente (chamados de incisivos centrais).

A ferida revelou a presença de bactérias e o homem foi levado para a mesa de cirurgia, sob anestesia, na qual o dente foi removido. Depois de dois dias no hospital, o adolescente recebeu alta. O tratamento prosseguiria em casa, com antibióticos.

"Este caso foi incomum, um dente inteiro foi encontrado na mão do paciente e, notavelmente, sem o seu conhecimento aparente”, disse Roshan Vijayan, cirurgião plástico no Queen Victoria Hospital.

Ferimentos de mordida humana podem conter complicações graves, quando não tratadas adequadamente, disse ele.



Fonte: Jornal Ciência