Após Sandy, donos usam redes sociais para buscar pets perdidos

Após Sandy, donos usam redes sociais para buscar pets perdidos

Pelo menos 400 animais de estimação foram encontrados em Nova York.

Americanos estão usando redes sociais, como Facebook, para procurar por animais de estimação perdidos no caos causado pela passagem da supertempestade Sandy, que atingiu regiões de Nova York e Nova Jersey nos últimos dias.

Até as 8h30 do sábado (3), a comunidade "Hurricane Sandy Lost and Found Pets", criada no Facebook, já possuía 42 mil menções de usuários e 14,7 mil pessoas "curtindo" as informações. Entre os anúncios de cães e gatos desaparecidos há animais como a beagle Jaetta, de 10 anos, que sumiu após a passagem da supertempestade. A dona anuncia que dará uma recompensa pelo animal e informa cor e tamanho da cadela, além do telefone do departamento de polícia onde enviar dados.

O número de anúncios de felinos desaparecidos é menor, mas há casos como o da gata Mimi, que foi perdida pela dona durante a evacuação de uma região costeira de Nova Jersey, quando sua casa foi destruída. "Torço para que ela tenha sido recolhida por um dos grupos de resgate que agiram por ali", disse ela no Facebook. "O nome da gata é Mimi e ela vai vir atrás das pessoas buscando comida."

Pelo menos 400 pets foram encontrados nos destroços causados pela supertempestade e estão em abrigos de Nova York, segundo a Sociedade Americana de Prevenção à Crueldade contra os Animais (ASPCA, na sigla em inglês) informou à imprensa internacional.

Todos os 76 abrigos de evacuação em Nova York estão recebendo animais, ainda de acordo com a ASPCA.

A comunidade do Facebook "Hurricane Sandy Lost and Found Pets" orienta os usuários a publicar fotos de boa qualidade dos pets perdidos, a colocar dados da região e da cidade onde o caso ocorreu, a incluir raça e descrição do animal desaparecido e manter contatos como e-mail no anúncio.


Após Sandy, americanos usam redes sociais para buscar pets perdidos

Mortes

Pelo menos 101 pessoas morreram após a passagem da supertempestade Sandy pela Costa Leste dos EUA, segundo balanço das autoridades divulgado nesta sexta-feira (2). O estado de Nova York contabiliza o maior número de mortes, 49 ? 41 delas apenas na cidade de Nova York. O bairro de Staten Island é o que mais sofreu com as enchentes.

O prefeito Michael Bloomberg que advertiu que "ainda pode haver mais vítimas". Em Nova Jersey, onde Sandy provocou enormes estragos, a falta de eletricidade ainda atinge 1,5 milhão de pessoas, com um saldo de 14 pessoas mortas.

As autoridades locais advertem o perigo do uso de geradores: cinco pessoas morreram desde segunda-feira, envenenados por monóxido de carbono.

Fonte: G1