Aproximação do tufão Fitow deixa China em estado alerta máximo

Aproximação do tufão Fitow deixa China em estado alerta máximo

O Fitow, que avança a uma velocidade aproximada de 15 km/h, pode tocar a terra entre a província de Zhejiang e a de Fujian

A China estava em alerta máximo neste domingo com a aproximação do tufão Fitow, que deve atingir durante a noite a costa leste, onde dezenas de milhares de pessoas foram retiradas de suas casas. A agência meteorológica chinesa emitiu no sábado um alerta vermelho, o nível mais elevado na escala.

O Fitow, que avança a uma velocidade aproximada de 15 km/h, pode tocar a terra entre a província de Zhejiang e a de Fujian, acompanhado por ventos violentos e fortes chuvas.

Na manhã deste domingo estava 360 km ao sudeste da cidade de Wenzhou, em Zhejiang, uma província onde mais de 130.000 pessoas receberam ordem para deixar suas residências, segundo a agência estatal Xinhua.

O Centro Meteorológico Nacional pediu que as autoridades e os moradores sejam prudentes e acompanhem as instruções que serão divulgadas. O Fitow é o 23º tufão do ano. Já passou pelo arquipélago japonês de Okinawa e provocou leves danos materiais.

Fonte: France Press