Argentina documenta gravidez com autorretratos seriados e vira musa

Argentina documenta gravidez com autorretratos seriados e vira musa

O ensaio lhe rendeu cantadas em várias línguas e a status de musa na web.

Uma das febres da internet - o selfie (autorretrato) - foi usada pela fotógrafa argentina Sophie Starzenski para documentar a sua gravidez e a chegada do primeiro filho, Simón.

Com uma série de autorretratos nas semanas 4, 15, 20, 25, 29, 33, 37, 40 e, finalmente, com o bebê no colo, Sophie registrou o avanço da história da gravidez no mesmo local da residência em que mora em Buenos Aires. O ensaio lhe rendeu cantadas em várias línguas e a status de musa na web.

Confira abaixo a entrevista com Sophie:

Como surgiu a ideia de documentar a gravidez dessa forma?

"Um amigo me sugeriu e me pareceu uma ideia genial. Eu me encantei com a gravidez. O corpo humano é maravilhoso e mágico. Parece que muitas pessoas pensam da mesma forma. Não pude acreditar na repercussão que as fotos tiveram na internet".

O impacto na internet foi muito grande?

"Eu e Ramiro, pai de Simón, não podemos acreditar. Ao mesmo tempo que nos divertiu, o poder da rede nos surpreendeu. Isso (o ensaio) foi algo que fiz para mim mesma, sem pensar que repercutiria tanto! Os comentários engarrafam a minha página, são muitos, em vários idiomas. Geralmente, são pessoas dando parabéns, mas há também muitos loucos comentando (risos)".

Como assim "loucos"?

"Esses loucos dizem de tudo. Dizem que vão ficar na nossa casa para o Mundial (a Copa do Mundo de 2014, no Brasil!) e até que querem ser meus escravos sexuais. Além disso, há gente que conta suas experiências e pais que relatam a perda dos filhos".


Argentina documenta gravidez com autorretratos seriados e vira musa

Argentina documenta gravidez com autorretratos seriados e vira musa

Argentina documenta gravidez com autorretratos seriados e vira musa

Fonte: Page Not Fond