Ataque feito por grupo queniano deixa pelo menos vinte mortos

Ataque feito por grupo queniano deixa pelo menos vinte mortos

A ação foi feita por cinco homens, que chegaram a jogar uma granada e a disparar tiros contra funcionários e clientes.

Um ataque promovido por um grupo queniano matou ao menos vinte pessoas em um shopping de Nairóbi, entre as quais mulheres e crianças. A Cruz Vermelha do país falou em reféns no local, além de ter orientado os quenianos a evitarem a região do shopping Westergate. Cerca de cinquenta pessoas ficaram feridas.

O órgão disponibilizou duas ambulâncias. A ação foi feita por cinco homens, que chegaram a jogar uma granada e a disparar tiros contra funcionários e clientes. A polícia trabalha com duas hipóteses: uma que os atiradores seriam assaltantes e a outra de que eles seriam terroristas, hipótese endossada pelo ministro do Interior, Mutea Iringo.

"Existe uma possibilidade de que seja um ataque de terroristas", declarou brevemente.

Pelo Twitter, a polícia queniana informou que havia reféns na área e que eles estavam sendo evacuados. Além disso, ratificou as orientações da Cruz Vermelha e pediu as quenianos que doassem sangue nas unidades de saúde mais próximas. Além disso, a polícia reclamou da cobertura ao vivo que os jornalistas no local tentavam fazer. "Por favor, desistam de cobrir a tragédia ao vivo. Isso atrapalha o trabalho da polícia", publicou em seu Twitter a polícia queniana. (ANSA)

Fonte: UOL