Atentado no Afeganistão mata 18 pessoas

Atentado no Afeganistão mata 18 pessoas

Maior parte das vítimas estava num ônibus de comboio da Otan.

Pelo menos 12 civis e seis soldados estrangeiros morreram em um atentado suicida nesta terça-feira (18) contra um comboio da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) nas proximidades do centro de recrutamento do Exército afegão no oeste de Cabul, segundo o Ministério do Interior do Afeganistão.

O Ministério do Interior confirmou que o suicida detonou um veículo carregado com explosivos. O alvo era o comboio das forças estrangeiras. Dezoito pessoas morreram, e o número de feridos soma 45. Entre os seis soldados estrangeiros mortos, cinco são americanos. O porta-voz do Ministério do Interior, Zemarai Bashary, informou que ainda não sabe determinar a extensão dos prejuízos causados.

A explosão pode ter causado danos a 15 veículos, dois deles pertencentes às forças estrangeiras e os demais a civis afegãos. Ele afirmou ainda que a maior parte das vítimas estava num ônibus. Pelo menos 14 civis feridos foram transferidos a hospitais de Cabul, segundo fontes médicas.

O atentado ocorreu no começo da manhã (pelo horário local) em uma região da capital afegã que abriga também o Parlamento e outros edifícios oficiais, e que sempre está muito movimentada neste horário. A polícia afegã isolou a área do atentado. A Otan emitiu um comunicado informando que “está colaborando” com as autoridades afegãs para “avaliar a explosão”.

Os talibãs assumiram a autoria do ataque através de um porta-voz, Zabiullah Mujahid, que disse à agência Efe que seis veículos da Otan foram destruídos pela explosão de um veículo que levava 750 kg de explosivos.

Fonte: g1, www.g1.com.br