Atentado deixa ao menos 32 mortos e 57 feridos em mesquita xiita de Bagdá

O ataque foi realizado por dois terroristas suicidas, que detonaram os cintos de explosivos que usavam

Pelo menos 32 pessoas morreram nesta terça-feira e outras 57 ficaram feridas em um atentado dentro de uma mesquita xiita no norte de Bagdá, informou à Agência Efe uma fonte do Ministério do Interior.

O ataque foi realizado por dois terroristas suicidas, que detonaram os cintos de explosivos que usavam na "huseiniya" (mesquita xiita) de Habib bin Muzaher, no bairro do Cairo, no norte da capital. Antes de entrar no templo, os atacantes usaram pistolas com silenciadores para matar os policiais que guardavam os acessos ao local. Em outro incidente, pelo menos quatro civis ficaram feridos pela explosão de uma bomba colocada em uma estrada do distrito de Mansur, no oeste da capital.

O Iraque vive atualmente um aumento da violência com vários atentados, especialmente contra xiitas e as forças da ordem. O mês passado de maio foi o mais sangrento no Iraque há mais de cinco anos, com a morte de 1.045 pessoas em atos de violência, segundo a missão da ONU no país (Unami)

Fonte: r7