Atentado duramte comício  mata 11 e fere 50 pessoas no Paquistão

Atentado duramte comício mata 11 e fere 50 pessoas no Paquistão

Foi o terceiro ataque em quatro dias contra candidatos eleitorais

Onze pessoas morreram e 50 ficaram feridas em um atentado produzido pelos talibãs durante comício de uma formação política na cidade de Karachi, no norte do Paquistão, informou neste sábado (27) o jornal local "Dawn".

O ataque, o terceiro nos últimos quatro dias contra candidatos eleitorais, aconteceu nas primeiras horas da noite de sexta (26), na área de Orangi, e teve como alvo o comício de Bashir Khan, um candidato do Partido Nacional Awami (ANP).

O movimento talibã local, Tehrik-e-Talibã Paquistão (TTP), assumiu a autoria do ataque contra o ANP, formação secular de origem pashtun, a mesma dos talibãs.

Após o atentado ocorrido na noite de quinta-feira (25) em Karachi, contra um candidato político do secular Muttahida Quami Movement (MQM), um porta-voz do TTP anunciou à imprensa que o ato era a continuação de sua "política" de atingir três partidos e que "os ataques vão prosseguir".

Os partidos mencionados pelo porta-voz do TTP - a duas semanas de eleições fundamentais para o futuro do Paquistão - são três formações integrantes da coalizão de governo durante a última legislatura: o Partido Popular (PPP), o MQM e, sobretudo, o ANP.

Nas últimas semanas, o líder do ANP, Asfandyar Wali Khan, pedira às autoridades e às forças de segurança que aumentassem a proteção dos integrantes de seu partido.

O Paquistão terá eleições gerais e locais no próximo dia 11.

Fonte: G1