Atriz é obrigada a fazer exames para provar que não fez plástica

O caso veio à tona uma semana após seu casamento.

Uma das mais famosas atrizes da China teve seu rosto examinado por médicos como parte de uma ação de antidifamação, segundo a imprensa local. Após os testes, na última quinta-feira (15), os especialistas anunciaram que a aparência de Angelababy é genuína, o que a possibilitou de abrir um processo contra uma clínica por informar que ela fez uma cirurgia plástica facial.


Image title

O caso veio à tona uma semana após seu casamento, amplamente divulgado no país, com o ator Huang Xiaoming. Ao sair em defesa dela durante uma entrevista em 2014, ele afirmou que Angelababy "às vezes parece bastante feia”. “Eu não sou um idiota. Definitivamente posso dizer que ela não fez cirurgia plástica. Às vezes ela não se maquia e realmente fica parecida com aquelas fotos feias”, afirmou o marido em referência às imagens que circulam pela internet.

Então, um juiz de Pequim propôs, como parte do processo, que seu rosto fosse examinado por médicos para certificar sua “autenticidade”.

A atriz de 26 anos, cujo nome real é Yeung Wing, passou por uma série de exames de raio-x e outros testes – procedimento que, em certo ponto, envolveu um médico cutucando seu rosto – em um hospital especializado em cirurgias plásticas na capital chinesa.  “Toda a sua cabeça e seus ossos faciais de Baby não têm quaisquer sinais de cortes”, afirmou o diretor do hospital, Qi Zuoliang, aos repórteres.

Repercussão

Notícias sobre os exames dominaram as discussões na rede social Sina Weibo, a mais popular da China, na última quinta-feira (15). Muitos fãs da artista demonstraram apoio a ela. A atriz está processando a clínica Ruili, de Pequim, por ter publicado em seu site, em 2012, um texto afirmando que ela havia se submetido a procedimentos cirúrgicos na face. Ele pediu uma indenização de 500 mil yuan (R$ 303 mil).

O casamento de Angelababy e Huang, na semana anterior, foi um dos mais caros que a China já viu – os relatos são de que a cerimônia teria custado 200 milhões de yuan (R$ 121 milhões).


Fonte: Com informações do Terra