Barco pesqueiro com 42 pessoas afunda na Antártida

Cinco pessoas morreram e 20 foram resgatadas com vida.

Um pesqueiro sul-coreano naufragou nesta segunda-feira (13) em águas glaciais perto da Antártida, causando a morte de cinco tripulantes e o desaparecimento de outros 17, informaram autoridades da Nova Zelândia e da Coreia do Sul.

Vinte tripulantes foram resgatados por uma embarcação. O pesqueiro, denominado No 1 InSung, naufragou às 6h30 desta segunda-feira (15h30 de domingo, no horário de Brasília), cerca de 1.850 quilômetros ao norte da Antártida e 2.700 quilômetros ao sul da Nova Zelândia, informou o centro desse país que coordena resgates.

Não se sabe qual foi a causa do acidente e a tripulação não emitiu nenhum pedido de socorro, segundo o centro.

Foto de arquivo do pesqueiro sul-coreano que naufragou nesta segunda-feira (13).Foto de arquivo do pesqueiro sul-coreano que naufragou nesta segunda-feira (13). (Foto: Reuters)

De acordo com informações da embarcação que recolheu os sobreviventes, o barco afundou rapidamente, não dando tempo à tripulação para colocar coletes salva-vidas ou roupas apropriada de mergulho, afirmou o órgão neozelandês.

As buscas aos desaparecidos foram intensificadas, contando com a ajuda de três navios sul-coreanos.

Dois barcos de resgate neozelandeses interromperam o serviços. Não estão sendo usados aviões na operação.

"Infelizmente, considerando o curto período de sobrevivência em águas naquelas temperaturas, e o tempo que levaria para um avião chegar até a área, não era uma opção viável", disse o controlador Dave Wilson, do centro de resgate neozelandês.



A temperatura da água é de cerca de 2 graus centígrados, o que significa que uma pessoa em equipamento adequado só sobreviveria por cerca de dez minutos, disseram especialistas do centro.

Fonte: g1, www.g1.com.br