Bebê de seis meses se torna a pessoa mais jovem a sobreviver a um transplante de coração

Os médicos não esperavam que o bebê sobrevivesse, mas agora, mas de um mês depois de passar pela operação.

Um bebê de seis meses se tornou a pessoa mais jovem a sobreviver a um transplante de coração.


Médicos em Phoenix, EUA, realizaram a operação de salvamento da vida de Oliver Otto, após nascer prematuro no dia 5 de janeiro.

Durante uma operação de quatro horas o pequeno coração foi colocado no corpo do minúsculo bebê.

Agora Oliver vem demonstrando sinais positivos de recuperação, enquanto permanece no hospital de Phoenix Children, no Arizona.

Os médicos não esperavam que o bebê sobrevivesse, mas agora, mas de um mês depois de passar pela operação, estão esperançosos de que ele viva sem quaisquer complicações.

Oliver foi diagnosticado com a cardiomiopatia dilatada, o que resulta em um coração enfraquecido e alargada incapaz de bombear o sangue. Seu corpo não rejeitou o seu novo coração, mas seus pulmões ainda estão fracos demais para ele ir para casa ainda.

Fonte: Gadoo