Bebê morre afogada em banheira enquanto pai tirava um cochilo

Bebê morre afogada em banheira enquanto pai tirava um cochilo

A pequena Maddie, de apenas 11 meses, escorregou ao tentar sair da banheira e se afogou

O inglês Joe Martin, 28 anos, colocou as duas filhas, Maddie, 11 meses, e Allie, 4 anos na banheira e foi até a sala de estar usar o celular e assistir um pouco de TV, mas acabou cochilando enquanto as crianças estavam tomando banho.

Algum tempo depois, Martin acordou ao ouvir os gritos arrepiantes de sua filha mais velha. Allie dizia que sua irmã não estava mais se movendo.

Quando chegou ao banheiro, o pai encontrou o bebê com a cabeça para baixo na água, que tinha cerca de 8 centímetros de profundidade.

De acordo com o jornal britânico Daily Mail, a pequena Allie contou à polícia que sua irmã estava chorando para sair da banheira e escorregou enquanto tentava escapar.

Maddie foi hospitalizada por 11 dias, mas teve morte cerebral. "Não sabemos quanto tempo ela ficou submersa?, disse Sherry Schumacher, avó da criança.

À polícia, Martin contou que colocou as crianças na banheira e foi até a sala, mas ainda assim, conseguia ver o que elas estavam fazendo. Só que pegou no sono.

Apesar da tragédia ser tratada pela justiça como um acidente, Martin, que já tinha um histórico de abuso, foi acusado de homicídio em segundo grau e negligência infantil. Se condenado deve ficar preso durante cinco anos.

Fonte: Crescer