Tumor em bebê é diagnosticado como "mancha de nascença"

Tumor em bebê é diagnosticado como "mancha de nascença"

Quando Isabel nasceu, os pais notaram uma mancha roxa em seu rosto, que foi identificada como uma marca de nascença por 20 médicos diferentes

Um bebê de quatro meses está tendo que passar por tratamento com quimioterapia após remover sua orelha esquerda por conta do crescimento de um tumor do tamanho de uma laranja. Quando Isabel nasceu, no Reino Unido, os pais notaram uma mancha roxa em seu rosto, que foi identificada como uma marca de nascença por 20 médicos diferentes.

Segundo o jornal britânico Daily Mail, quando a mancha, que inicialmente era do tamanho de uma bola de golfe, começou a crescer e sangrar, a mãe Yvonne Bull levava repetidamente o bebê ao hospital, onde recebia prescrição médica de remédios para diminuir a "marca de nascença". "A gente deve ter consultado 20 médicos e eles nunca questionaram o diagnóstico original, eles só disseram que era uma marca de nascença, para não nos preocuparmos com isso", disse a mãe. Após uma série de consultas, Isabel foi levada ao hospital Great Ormond Street, em Londres, onde foram feitos testes que mostraram que o bebê tinha sarcoma, um raro tipo de câncer.

No dia 29 de abril, Isabel passou por uma cirurgia de seis horas para remover o tumor, que a deixou com uma cicatriz na parte esquerda do rosto e sem uma orelha. A primeira sessão de quimioterapia foi em 1º de março. Além disso, segundo médicos, ela corre o risco de ter dificuldades para falar no futuro. Os pais da menina planejam processar o hospital que não fez o diagnóstico correto do tumor.

Fonte: Terra