Bispo é afastado por criticar casamento de príncipe William

Bispo é afastado por criticar casamento de príncipe William

Segundo na linha de sucessão ao trono britânico está noivo da "plebeia" Kate Middleton

Um bispo da Igreja Anglicana foi destituído nesta terça-feira (23) após ter feito "comentários profundamente ofensivos" sobre o futuro casamento do príncipe William com Kate Middleton, quando declarou que a união não duraria mais de sete anos.

A destituição do bispo Peter Broadbent foi anunciada pelo arcebispo de Londres, Richard Chartres, que em comunicado declarou "estar horrorizado" pelas afirmações de Broadbent há poucos dias em sua página do site de relacionamentos Facebook.

Broadbent, bispo de Willesden, foi destituído de suas funções públicas até segunda ordem, anunciou Chartres.

- Da mesma forma que a maioria do país, compartilho a alegria pela notícia do compromisso. Tive a oportunidade de falar com o bispo Peter sobre os comentários e ele se desculpou. Apesar de tudo, pedi-lhe que deixasse o cargo até próximo aviso.

Chartres entrou em contato com a família real para expressar seu profundo pesar pelo ocorrido. De acordo com publicações da imprensa britânica no último fim de semana, Broadbent chamou os membros da monarquia britânica de "mulherengos" e previu que o casamento entre o príncipe William e Kate Middleton não duraria mais que sete anos, sobretudo pela pressão da imprensa.

Os comentários do bispo causaram surpresa no Reino Unido, onde a rainha Elizabeth 2ª, avó do príncipe William, é a chefe da Igreja Anglicana.

Fonte: R7, www.r7.com