Bolsa de grife da primeira-dama da Coreia do Norte gera polêmica

Norte-coreanos sofrem com escassez de comida e outros bens materiais.

A imprensa da Coreia do Norte divulgou uma fotografia da esposa do dirigente Kim Jong-Un com uma bolsa da marca francesa de luxo Christian Dior, o que gerou comentários pelo fato de que o a população do país sofre com a falta de comida e de outros bens materiais.

Na foto, que não tem data, Ri Sol-ju está com um vestido branco com um casaco preto, sentada ao lado do marido durante a inspeção de um regimento militar, com oficiais de alta patente em segundo plano.

Em sua cadeira aparece uma pequena bolsa preta, com o design da famosa marca de luxo parisiense.

Original ou imitação, o pequeno objeto de couro tem o famoso "D" em metal dourado.

A Coreia do Norte, 20 vezes mais pobre que a Coreia do Sul capitalista, sofre com a escassez de todo tipo de produtos.



A economia e a agricultura do país estão arruinadas após décadas de uma desastrosa administração e de recursos consagrados ao programa nuclear e à defesa militar.

Em meados dos anos 1990, o país passou por uma crise de fome que matou centenas de milhares de pessoas, segundo diversas ONGs.

Fonte: G1