Bomba atinge prédios do governo e mata sete pessoas na Noruega; veja fotos!

Bomba atinge prédios do governo e mata sete pessoas na Noruega; veja fotos!

A explosão quebrou várias janelas do prédio de 17 andares em que o premiê, Jens Stoltenberg, despacha

A explosão provocada por uma bomba que atingiu prédios do governo da Noruega, em Oslo, nesta sexta-feira (22), matou ao menos sete pessoas e deixou duas feridas gravemente, segundo a polícia. Balanço anterior falava em dois mortos.

A explosão quebrou várias janelas do prédio de 17 andares em que o premiê, Jens Stoltenberg, despacha, e danificou prédios em praticamente um quarteirão inteiro, incluindo o local onde funciona a redação do jornal "Verdens Gang" (VG).

A polícia, em comunicado, confirmou que se tratava de uma bomba e disse que foi informada sobre o incidente às 15h26 locais (10h26 no horário de Brasília). A bomba teria explodido cerca de cinco minutos antes.

O explosivo poderia estar dentro de um carro, mas a polícia afirmou ainda não ter certeza disso.

Há mortos e feridos, segundo o comunicado da polícia. Uma fonte do governo disse à BBC que ainda há pessoas presas dentro dos prédios atingidos.

A polícia pediu aos moradores que deixem as áreas próximas, e a imprensa local fala na possibilidade de haver mais bombas que poderiam explodir na região.

O secretário de Estado Kristian Amundsen disse que se trata da pior situação de emergência já enfrentada pelo país.

Outra explosão teria ocorrido no prédio do Parlamento, minutos depois, segundo a TV estatal e a Reuters. As informações sobre esta segunda explosão ainda são contraditórias.

O premiê Stoltenberg, em entrevista por telefone, disse que ele e membros do ministério escaparam ilesos do ataque. Ele afirmou que se trata de uma situação muito grave, mas disse que é cedo para dizer se se trata de um atentado terrorista.

O prédio que abriga o Ministério do Petróleo estava em chamas.

Destroços tomaram as ruas, e fumaça se erguia da região.

Soldados cercavam a região, e os acessos ao centro da cidade foram bloqueados.

Os funcionários que trabalhavam no local foram retirados.

O correspondente da Reuters disse que ao menos oito pessoas ficaram feridas.

Havia pessoas ensanguentadas na rua e muito movimento de ambulâncias.

"Há vidro por todos os lados. É o caos total. As janelas de todos os edifícios nas imediações foram pelos ares", dissea jornalista da NRK Ingunn Andersen, que inicialmente pensou que se tratasse de um terremoto.

O Hospital Universitário de Oslo disse ter recebido sete feridos.

Suposto tiroteio

A imprensa local relata que um homem, vestido de policial, teria aberto fogo contra crianças em um acampamento de verão, na cidade de Uytoya.

Outros relatos dizem que o ataque teria ocorrido em um encontro do Partido Trabalhista. Mas ainda não havia confirmação oficial sobre o caso.

Autoria

Até agora, ninguém assumiu a autoria do ataque.

Membro da Otan, a Noruega já sofreu ameaças vagas da rede terrorista da al-Qaeda por conta de sua participação na guerra do Afeganistão. Mas a violência política não é comum no país.





















Fonte: g1, www.g1.com.br