Caixa-preta de avião com 150 pessoas a bordo é recuperada, diz ministro Bernard Cazeneuve

O ministro afirmou que as vítimas são principalmente espanholas e alemãs, mas destacou que só as investigações poderão determinar a lista completa de nacionalidades

O ministro do Interior da França, Bernard Cazeneuve , disse que uma das caixas-pretas do avião da Germanwings que caiu nos Alpes franceses nesta terça-feira (24) foi encontrada e recuperada.

"Uma caixa-preta foi encontrada e será encaminhada para os serviços de investigação", declarou Cazeneuve, em Seyne-les-Alpes, a cerca de 10 km em linha reta do local onde o avião caiu, a 1.500 m de altitude. "Esta caixa-preta será analisada nas próximas horas, e permitirá que a investigação avance", acrescentou. Cazeneuve afirmou ainda que a violência do impacto "deixa poucas esperanças" de encontrar sobreviventes. "

Apesar disso, até o último minuto faremos o possível para salvar os que possam ser resgatados", indicou em breve entrevista coletiva depois de ter sobrevoado de helicóptero o local do acidente, nos Alpes franceses. A caixa-preta será analisada por especialistas do órgão francês de investigação de acidentes (BEA), que já iniciou suas pesquisas a respeito.

O voo 4U9525 ia de Barcelona, na Espanha, para Düsseldorf, na Alemanha, com ao menos 150 pessoas a bordo. O ministro afirmou que as vítimas são principalmente espanholas e alemãs, mas destacou que só as investigações poderão determinar a lista completa de nacionalidades dos passageiros do voo, que caiu pouco antes das 11h locais (7h em Brasília).

Foram mobilizados cerca de 300 bombeiros, 300 integrantes da Gendarmaria, dez helicópteros e um avião militar no resgate, explicou Cazeneuve. Eles foram orientados a resgatar os possíveis sobreviventes, apesar das poucas esperanças. Pouco antes, em discurso na Assembleia Nacional da França, o primeiro-ministro Manuel Valls afirmou que um helicóptero conseguiu aterrissar na região e constatou que todas as 150 pessoas morreram no acidente. (Com agências internacionais)


Fonte: UOL