Cantora Susan Boyle é diagnosticada com espécie de autismo

Cantora que foi descoberta em programa de TV, em 2009, recebeu o diagnóstico há um ano, mas preferiu manter segredo.

A cantora escocesa Susan Boyle revelou, em entrevista ao jornal britânico "Observer", que foi diagnosticada um ano atrás com síndrome de Asperger (uma doença do espectro do autismo), mas preferiu manter a história em segredo. A cantora de 52 anos foi descoberta no programa "Britain"s Got Talent" em 2009 e se transformou em uma das mais bem-sucedidas artistas do país.

"Recebi um diagnóstico errado quando era criança", conta ela. ""Me disseram que eu tinha danos cerebrais. Eu sempre soube que era um rótulo injusto. Agora eu tenho uma compreensão mais clara do que está errado e me sinto aliviada e um pouco mais relaxada."

A síndrome de Asperger afeta a interação social e as habilidades de comunicação. Por vezes, dificulta também a capacidade de estabelecer relações e avaliar o comportamento apropriado em diferentes contextos sociais. Segundo Susan, já na infância seus colegas praticavam bullying por considerá-la diferente. Ela decidiu investigar seu problema porque sentia que "tinha uma doença mais séria". Ela realizou diversos testes que mostraram o nível de inteligência não era afetado por sua condição especial. "Disseram que meu QI era acima da média", disse.

Ela espera, entretanto, que isso faça as pessoas mostrem mais empatia e compreensão com sua trajetória. "Não vai fazer diferença para a minha vida. É apenas uma condição com que eu tenho que conviver"

Em outubro, Susan lançou um um dueto de "O come, all ye faithful" com Elvis Presley, como single de Natal. O dinheiro arrecadado com os direitos autorais da música irão para a organização Save the Children. Em 2013 ela participou também do filme "The Christmas Candle". E uma cinebiografia está sendo planejada com Maryl Streep interpretando a cantora.


Cantora Susan Boyle  é diagnosticada com espécie de autismo

Fonte: OGlobo