Cão-guia de deficiente morre para evitar atropelamento de bebê

Cão-guia de deficiente morre para evitar atropelamento de bebê

O animal treinado pulou na criança de 4 anos para impedir que o veículo a atingisse quando avançou no sinal vermelho

Dave Furukawa levava seu filho de 4 anos para a escola quando passou o maior susto de sua vida. O deficiente visual, que vive em Atlanta, nos Estados Unidos, caminhava com a ajuda de um cão-guia enquanto a criança andava próxima ao pai e ao animal.

Mas um carro avançou no sinal vermelho e acabou seguindo na direção da família. Para impedir que o veículo atropelasse o menino, o cão saltou na criança.

Atingido pela carro em alta velocidade, o animal acabou morrendo. Machucados e muito assustados, pai e filho foram levados ao hospital mais próximo e passam bem.

Em entrevista ao jornal NY Daily News, Furukawa disse que Simon, o cão-guia, é "o melhor exemplo de amizade e lealdade que ele já conheceu".

Uma escola de cães-guia de Ohio já informou que cederá outro animal treinado ao americano.

A polícia de Atlanta identificou como Calvin Armour o motorista do carro que acabou matando o cachorro.

Fonte: globorural