Carcereiro é demitido após enviar pedido de amizade a detenta

O chefe de polícia do condado de Oconee, onde fica a prisão, Lee Weems disse que o contato com a prisioneira foi “altamente inapropriado”



Autoridades no Estado da Georgia, nos Estados Unidos, demitiram um carcereiro depois de descobrirem que ele enviou um pedido de amizade no Facebook a uma prisioneira sob seus cuidados. Um segundo oficial, que também a havia adicionado na rede social, pediu demissão.

Segundo o "Oconee Patch", Dewayne Powers, 34, e Andrea Rogers, 40, enviaram pedidos de amizade no Facebook a uma jovem de 23 anos (cuja identidade não foi revelada) que estava sob custódia na central de polícia do condado de Oconee. Powers, além disso, enviou mensagens de texto para o celular da mulher detida.

O chefe de polícia do condado de Oconee, onde fica a prisão, Lee Weems disse que o contato com a prisioneira foi ?altamente inapropriado?, mas acrescentou que ?não há evidências de que houve algum contato físico?.

A mulher de 23 anos foi presa em 28 de junho e libertada em 23 de julho. Durante o tempo em que aguardava a audiência sobre a fiança, os dois carcereiros se aproximaram dela. Foi então que uma colega de cela estranhou a intimidade entre os policiais e a detenta e denunciou, com ajuda do namorado, o relacionamento dos três.

Fonte: UOL